04 janeiro 2007

25 setembro 2006

Criando um documento C++

Vamos ver como se cria um documento de código C++, precisamos, inicialmente, de um compilador. Recomendo o Dev C++ para Windows ou o Anjuta para Linux, o compilador será necessário para compilar e para criar o executável do programa.

Basicamente, o compilador é um editor de texto, que converte o arquivo digitado para um programa. Em outro post explicarei melhor como criar um arquivo no Dev C++, e no Anjuta. Por enquanto veremos a estrutura basica de um documento C++.

O corpo do aruivo é, basicamente, declaração das bibliotecas e as funções, devendo, ao menos, conter a função main. Um exemplo simples de documento:
#include <iostream> //Biblioteca padrão que iremos utilizar

int main(){
//comandos
return 0;
}
Existem outras formas de se usar a função main, mas sempre, um documento C++ deve conter ao menos essa função.

O texto depois de //, é considerado como comentário e, sendo assim, será descartado pelo compilador no momento em que o arquivo for compilado. Para comentários que envolvem mais de uma linha, devem ser delimitados por /* */.

Exemplo:
//Tudo que vier após as duas barras sera descartado até o final da linha

/* Esse é um comentário que pode abrangir mais de uma linha.
Sendo assim, tudo que é delimitado por /* */ será descartado. */
Comentários são inportantes, para indicar certas partes do programa ou explicar alguma parte e, ainda, se um mesmo programa for escrito por mais de uma pessoa, é importante para indicar modificações e/ou necessidades do projeto.

É somente um noção da linguagem, após de abordar como criar um documento nos compiladores, começaremos a digitar nossas primeiras linhas de C++.

30 agosto 2006

Novos Caminhos...

Agora com a faculdade de Engenharia da Computação, estou aprendendo C++. E, brevemente, prentendo entra na onda do Java. Esse blog já não tem, mais, um foco definido. Então, resolvi tira o foco e posta sobre assuntos que estarei mais por dentro, no momento da postagem. Mesmo que estas venham raramente, pretendo assim que normalizar a internet em casa e poder me interagir com os assuntos, levar, esse blog, adiante. É uma meta que eu ainda quero alcançar!

Próximo post, vou fazer uma introdução ao C++, como exibir e gurdar valores em variáveis, além da declaração das mesmas e do arquivo cpp.

04 agosto 2006

Falta de Atualização

Não estou atualizando mais o blog, pelo simples fato de que mudei de cidade, e estou arrumando as coisas ainda... E umas das principais, e, que me faz muita falta, é a Internet. Tenho que acertar para poder entrar normalmente, e frequentemente, pra poder levar esse prjeto adiante.

Enquanto nada de interessante é postado por aqui, estou lendo sobre algumas coisas e aproveitando o máximo minha faculdade. Assim que normalizar a situação, volto com força total, e com novidades pela frente.

Li recentemente sobre a versão 3 do CSS, esse, além de AJAX, serão os assuntos que abordarei.

07 julho 2006

AJAX - Breve introdução

Estou pesquisando e buscando informações sobre AJAX, além de ler sobre o assunto. Por enquanto adicionei alguns links no meu Del.icio.us, se quiserem dar uma olhada...

Após alguns estudos, postarei alguma coisa sobre o assunto, além de mais referências.

Por enquanto, farei uma breve introdução ao assunto:

Ajax é a sigla para "Asynchronous Javascript and XML". E é utilizado, basicamente, para transformar suas páginas em aplicações, de modo que não precise ser recaregada a tela cada vez que o usuário clicar em alguma coisa, através do uso de JavaScript. Sendo assim, pode-se recarregar somente uma area, ou até mesmo, várias partes de uma pagina. Como já foi dito, não necessitando o recarregamento da pagina em questão.

Algumas aplicações que utilizam AJAX:
  1. Google Suggest
  2. Google Maps
  3. Gmail
Fica então uma breve introdução ao AJAX, não é muita coisa, mas já dá pra ter uma idéia.

04 julho 2006

Lançado o terceiro beta do IE 7

Após acerto de algumas falhas de segurança e compatibilidade, a versão beta 2 (lançada em abril) do IE 7 foi corrigida e, conseqüentemente, lançada a versão beta 3 do navegador.

Além dessas mudanças, foram adiconados alguns novos recursos. Entre eles estão: um botão de email direto na barra de atalhos, possibilidade de organizar as abas de navegação e melhoria no sistema de RSS. Veja o que tem de novo, no beta 3 do IE, neste link, em inglês. E os novos recursos do IE 7 aqui, em português.

O navegador está sendo preparado para ser lançado junto com o próximo sistema operacional da Microsoft, Windows Vista, e pode ser baixado aqui, estando disponível apenas em inglês. Previsão para lançamento em outras línguas está sendo preparada para esse mês.

Lembrando que o navegador é compatível com o Windows XP com Service Pack 2 instalado e também em Windows Server 2003 SP 1 e Windows XP 64-bit.

03 julho 2006

Migrar para o Linux

Vejo em muitos blogs, pessoas que encontran dificuldades com Linux, basicamente, com compatibilidade (incompatibilidade) e configuração. Mas com a usabilidade do sistema, até que se interegem bem, e elogiam não só a usabilidade como, também, o visual.

Em uma resportagem da Folha de São Paulo, já faz algum tempo, tinha uma análise de um usuário de Windows, falando sobre sua experienciência com o Linux, acho até que era o Ubuntu. Gostou da organização e do visual do Sistema Operacional, mas achou complicado achar ferramentas, no OpenOffice.org Writer, que eram facilmentes encontradas no Word da Microsoft. Como que alguém vai fala da experiência de uso de um software, mas tomando como base outro? Pois se experimentar algum outro editor de textos, mesmo sendo para Windows, e na mesma categoria do Word iremos encontrar uma diferente disposição das ferramentas, isso é natural. Ao meu ver, isso foi uma crítica sem base, pois percebi que o problema estava na dificuldade (conservadorismo) dele em conhecer a nova disposição de ferramentaser dizer, então, que se o Word passa por uma reformulação de ferramentas e disposição das mesmas, a experiência desse rapaz, vai ser ruim, pois não estará mais, nos mesmos lugares o que ele costumava encontrar. (Vou achar o jornal e coloco a data, e o caderno)

Sobre a compatibilidade, vejo dificuldades de configuração, que existem, mas são completamente solucionadas. Como exemplo disso, usarei a comunidade Ubuntu que tenho contato direto. Existe Listas de discução, em que você manda um email e o pessoal, cadastrado na lista, responde e auxilia em ações que vão desde dúvidas de iniciantes, até configurações e processos avançados. Isso sem falar em muitos fóruns, blogs, sites sobre o SO e no Site, em português, da distribuição. Esses problemas, ocorrem, pelo fato de muitas vezes programas, como por exemplo jogos (muitos são incompatíveis), que são desenvolvidos para a plataforma Windows e não para Linux. Entretanto, existe emuladores que fazem rodar alguns jogos, e até mesmo, programas como o Internet Explorer (muito útil para desenvolvedores web, que precisam do IE por causa de seu mal suporte em algumas linguagens, aos Padrões da Web e por ser usado por mais ou menos 60% dos interautas).

A quantidade de pessoa que colaboram com o projeto Linux é muito grande. O que chama atenção é a filosofia empregada nos projetos, como por exemplo as "...idéias do Manifesto Ubuntu: que o software deve estar disponível e livre de custos, que os softwares devem ser usados pelas pessoas em seu idioma local e pelas que possuam deficiências, e que as pessoas devem ter a liberdade para customizar e alterar seus softwares quaisquer que sejam suas necessidades."

Muitos criticam, pelo fato de serem usuários natos, e conservadores, do Windows. Muitos não aceitam o novo, ou não querem conhecer. As dificuldades inicias são as mesmas de uma pessoa que esta conhecendo um computador sem base nenhuma, e sem ouvir fala do Sistema Operacional. Portanto, não tenha medo de experimentar, existe versões "live" do Linux, com as quais você pode experimentar sem precisar mudar a configurações do seu computador e instalar nada, pois é rodado através do próprio CD. Pode ser baixado a imagem (.iso) do CD da versão live e de instalação (Desktop CD) do Ubuntu Dapper (6.06) , ultima versão disponível e recentemente lançada, aqui sendo PC para a maioria dos computadores, Mac para Macintosh e 64-bit PC para computaores com processador 64-bit (ex., Athlon64, Opteron, EM64T Xeon). Nesse link também pode ser baixado a versão para servidor (Server install CD) e a versão para PC's com menos de 192mb de ram, atualização de sistemas antigos e sem versão live (Alternate install CD).

28 junho 2006

Novidades!

Já faz tempo que não posto aqui, mas acho que apartir do mês que vem estarei mais disponivel e poderei, enfim, seguir esse blog, e, quem sabe, ter meu próprio domínio.

Como o próprio título do post já diz, vai, então, as novidades:
  1. Recentemente, entrei para o Grupo de Tradutores, do Ubuntu. Com isso, o foco do meu blog passa a ser, também, sobre Linux. Ainda não sou membro oficial do Grupo, mas, ajudo dando sugestões, e, depois, um membro oficial revisa e aceita, ou não, a tradução que eu fiz. Isso continua até eu adquirir experiência e estar apto para ingressar no time de tradutores.
  2. Passei no vestibular, até que fim, irei fazer Engenharia da Computação. Apesar de, ainda, não ter muita certeza. Acho que é isso que eu quero fazer. Consequentemente poderei postar alguma coisa aqui relacionado ao curso.
  3. Estou testando algumas ferramentas como: Wasabi, Google Analytics, Flickr, Del.icio.us e Bloglines. Farei alguns artigos, ou comentarei sobre essas futuramente. Também colocarei uma sessão de links para essas ferramentas e utilidades na web.
Fica, então, as novidades e, prometo, tentarei atualizar com mais frequência e trazem em pauta alguns assuntos: atuais e relevantes, sobre esses assuntos.

20 maio 2006

Spam

De acordo com o site antispam.br: "Spam é o termo usado para referir-se aos e-mails não solicitados, que geralmente são enviados para um grande número de pessoas. Quando o conteúdo é exclusivamente comercial, esse tipo de mensagem é chamada de UCE (do inglês Unsolicited Commercial E-mail)."

Mas as práticas de spam não são somente utilizadas quando se refere a email. Hoje, encontramos spam em vários "locais", como, por exemplo, no Orkut onde os programas para enviarem scrapt (recados) em massa, atormentam a vida de muita gente que se revolta com isso, mas nada fazem para combater.

Por isso, criei a comunidade "Campanha Antispam", inspirado (revoltado) por esses recados. Minha primeira atitude, depois de criar a comunidade, foi apagar e bloquear as pessoas que sempre aparecem na minha lista de recados, mas nunca são elas mesmas e sim esses programas.

Esse problema atinge, também, os blog de muitas pessoas conhecidas na internet, as quais escrevem artigos sobre vários assuntos. Mostrando isso, Bruno Torres, Léo Faoro e Diego Eis colocaram no ar a edição nº 7 do Blogbits podcast falando sobre Spam, Anúncios em blogs e feeds, Resolução de tela, Acessibilidade. Caso esteja interessado em ouvir o podcast, inscreva o feed do blogbits no seu agregador de podcasts favorito ou baixe diretamente o arquivo MP3.

Lembrando, não adianta somente se revoltar, tem que agir! Faça sua parte, ajude a eliminar essa pratica.

17 maio 2006

Mudanças

Tive que passar para o Blogger, pois o Wordpress.com não aceita uso de javascript, não tendo, portanto, meio de adicionar Anuncios. Pretendo mudar o blog, para uma empresa de hospedagem futuramente.

Por enquanto, ficarei postando por aqui e adicionando links no Del.icio.us. Você pode acompanhar tudo isso através de nosso feed, clicando aqui.
Nada de novo por hoje, ainda estou arrumando as coisas por aqui. E pretendo começar a postar e abordar assuntos em breve.